terça-feira, 19 de julho de 2016

Depois de x Depois que

Um repórter da Globo News disse a seguinte frase: "O advogado só se manifestará depois que ver o vídeo". O uso de "depois" traz uma pequena complicaçâo, que é a formação de locução prepositiva - "depois de" - ou conjuntiva - "depois que". 

Forma-se locução prepositiva com a junção, respectivamente, de uma ou mais palavras com uma preposição. Essa junção tem o mesmo valor de preposição.  Por exemplo: 

- "a fim de", com o mesmo valor de "para";
- "abaixo de", com o mesmo valor de "sob";
- "a respeito de", com o mesmo valor de "sobre". 

Algumas locuções prepositivas agem como se fossem preposições, mas não têm correspondência com uma delas especificamente, como ocorre com "de acordo com" e com "depois de". 

Forma-se locução conjuntiva com a junção de duas ou mais palavras com o mesmo valor de uma conjunção. Por exemplo: "A fim de que"; "apesar de que"; "se bem que"; "depois que". 

O uso de uma ou de outra acarreta a mudança da estrutura verbal da oração encabeçada por elas. 

Caso se use uma conjunção ou locução conjuntiva, o verbo terá de ser conjugado no modo indicativo ou no subjuntivo. 

Caso a conjunção ou a locução conjuntiva seja substituída por uma preposição ou locução prepositiva, o verbo terá de ficar no infinitivo, flexionado ou não. O não flexionado é o terminado em -ar, -er ou -ir; o flexionado ainda recebe as desinências -es, para "tu", -mos, para "nós", -des, para "vós", e -em, para eles, elas, vocês. 

Observe estes exemplos:

- A fim de que conseguíssemos o resultado pretendido, renovamos as energias. 
Como foi usada a locução conjuntiva "a fim de que", o verbo "conseguir" foi conjugado no pretérito imperfeito do subjuntivo. 

- A fim de conseguirmos o resultado pretendido, renovamos as energias. 
Como foi usada a locução prepositiva "a fim de", o verbo "conseguir" foi conjugado no infinitivo flexionado.

Na frase dita pelo repórter, foi usada a locução conjuntiva "depois que". O verbo, portanto, teria de estar conjugado no indicativo ou no subjuntivo, mas está no infinitivo. 

O adequado, então, seria usar a locução prepositiva "depois de":

- O advogado só se manifestará depois de ver o vídeo. 

Ou conjugar o verbo adequadamente. Como a frase indica uma hipótese futura, o tempo conveniente é o futuro do subjuntivo, que é "vir":

- O advogado só se manifestará depois que vir o vídeo. 

O futuro do subjuntivo provém da terceira pessoa do plural - eles - do pretérito perfeito do indicativo, o popular passado, retirando-se a terminação "-am". Essa pessoa do verbo "ver" é "viram", pois "Ontem eles viram"; retirando-se "-am", forma-se o futuro do subjuntivo: "vir". 

Nenhum comentário: