quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Basta de "Agora é com vocês!"

Indignação é o que eu sinto quando, ao ouvir um CD ou ao assistir a um show em DVD, o cantor, ou a cantora, sabendo que o público conhece a letra de sua composição, pára de cantar para ouvir o povo entoando sua música. Será que ele(a) não sabe que o show está sendo gravado ao vivo? O problema é que as aparelhagens de som brasileiras são fraquíssimas e não conseguem captar o som da massa. Fica, então, aquele silêncio. E o(a) artista:
__ Agora é com vocês!
__ (silêncio)
__ Quero ouvir, gente!
__ (silêncio)
__ Isso! Tá bonito!
__ (silêncio)

Claro que ele(a) ouve o povo cantando, afinal ele(a) está lá, à frente de todos. Nós, porém, não. Estamos aqui, à frente da nossa aparelhagenzinha. Só ouvimos, junto dos instrumentos da banda, aquele vozerio distante e o “Isso, gente! Que lindo!”.

Tenho vontade de pedir ao atendente da loja que me deixe ouvir o CD antes de comprá-lo. Se houver alguma parte somente com a performance do público, quero desconto! Afinal, compro o CD para ouvir o(a) tal artista; senão compraria outro de uma banda cover, que é muito mais barato.

Gostaria de lançar um apelo aos que assistem a esses shows in loco em prol dos compradores de CDs e DVDs: quando ouvirem o fatídico pedido “Agora é com vocês!”, façam silêncio absoluto. Vocês pagam o ingresso para ouvir ou para cantar? Se querem cantar, encaminhem-se até uma casa de Karaokê e cantem à vontade. Se querem assistir à performance da banda, exijam que trabalhem o tempo todo, do começo ao final do espetáculo. Eu, quando, compro um CD ou um DVD, quero ouvir músicas, e não “Que beleza!”, “Tá bonito!” e outras frases espirituosas do(a) artista.

Seria uma cena engraçada. Imagine a cara do(a) fulano(a):
__ “Agora é com vocês!”
(silêncio absoluto – não só aqui, mas lá, no momento do show - ninguém cantando!).
__ Quero ouvir! Todo mundo!
(silêncio absoluto)
__ Vamos lá, gente! Comigo, agora!
(silêncio absoluto)

Não! Não! Melhor não! Eles não pararão a gravação e ficará pior ainda. O negócio é ouvir o CD antes e só comprar se o cara trabalhar o show inteiro.

Isso! Melhor assim. Vamos lançar uma campanha: comprar somente CDs e DVDs que não tenham interrupções, que só contenham música. É isso que eu quero: músicas.

Basta de “Agora é com vocês”!

5 comentários:

esquerdo disse...

me desculpa perguntar aqui, mas ue gostaria de saber quando eu posso (ou devo) utilizar as palavras cujo(a)(s), o qual, essas coisa.
obrigado, um abraço.

Dílson Catarino disse...

Entre em http://www.gramaticaonline.com.br/gramaticaonline.asp?menu=1&cod=36 e estude tudo sobre pronomes relativos.

Anônimo disse...

Olá Dilson,

comentando sua postagem, eu creio que os artistas fazem isso pela empolgação... e ajuda a promover o tal DVD quando as câmeras focalizam muita gente nos shows, e quem não estava lá pensa: "perdi esse momento, deveria ter ido!".

Mas eu queria mesmo fazer a seguinte pergunta: onde encontro a regra de hifen que explica qual o correto:

biimplicação ou bi-implicação?

Sou professor de matemática e não posso ficar sem essa!

Um abraço,

Adail Cavalheiro

Dílson Catarino disse...

Os prefixos e elementos de composição indicadores de quantidade não se grafam com hífen: bicampeão, tricentenário, tetravô, pentágono.

Anônimo disse...

Oi Dilson,

Eu acho que o cantor só está querendo mostrar sintonia com o público. Também quando a festa ta boa todo mundo canta e dança e nem se dá conta, cá entre nós um show onde todo mundo fica silencioso é horrível, não?!

ahhhh queria também te dizer que na "Língua do dia-dia" quando é feita a análise da frase "só compito se as regras forem alteradas" está dito que a maioria não teria certeza de que forma do verbo competir deveria utilizar na primeira pessoa do plural do presente do indicativo caracterizado pela frase "Todos os dias eu..." Acredito que você queria na verdade dizer da primeira pessoa do singular do presente do indicativo. Só isso

Adoro seu site

Abraços