quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Amar o próximo x Amar a Deus

Por que em "amar o próximo" não há a preposição "a" e em "amar a Deus" há-a?

O verbo "amar" é transitivo direto, ou seja, exige complemento sem preposição - quem ama, ama algo / alguém:

- Ela ama seus cachorros. 
- Amamos os nossos amigos. 
- Ama o próximo como a ti mesmo. 

Ocorre, porém, que há nove casos em que o complemento de um verbo transitivo direto exige preposição. Um deles é o substantivo próprio "Deus", que exige a preposicão "a" quando exercer a função de objeto direto. 
Por isso deve-se escrever "Ama-se a Deus", "Amar a Deus". 

Outro caso é o dos pronomes oblíquos tônicos, mim, ti, si, ele, ela, nós, vós, eles, elas. Sempre que exercerem a função de objeto direto exigem a preposição "a", por isso o uso de "a ti mesmo" na última frase dos exemplos. 

Nenhum comentário: