domingo, 22 de junho de 2008

Rapidinha 14 - Mesóclise x Próclise

Quando o verbo estiver no futuro do presente (-ei, -ás, -á, -emos, -eis, -ão) ou no futuro do pretérito (-ria, -rias, -ria, -ríamos, -ríeis, -riam) e não houver palavra atrativa alguma, ocorre, facultativamente, mesóclise (colocação do pronome oblíquo átono no meio do verbo) ou próclise (colocação do pronome oblíquo átono antes do verbo), a não ser que o verbo esteja no início da frase, onde é proibido usar próclise. Por exemplo:

  • Eles se esforçariam mais se tivessem mais estímulo.
  • Eles esforçar-se-iam mais se tivessem mais estímulo.
  • Por este processo, ter-se-iam obtido melhores resultados. Nessa frase, não há possibilidade de ocorrer próclise porque o verbo está no início da frase.

3 comentários:

Anônimo disse...

Professor Dilson,

Acabo de, pela primeira vez, ler o seu Blog. Gostei muito! Obrigada, por fazê-lo possível.

Beth

Dario Camargo disse...

Caro professor, estou com dúvida em relação à análise da oração "Por este processo, ter-se-iam obtido melhores resultados."

"Teria (ter-se-iam) obtido" não seria uma locução adverbial, e nesse caso, vedado estaria o uso da mesóclise?

Dilson Catarino disse...

O que há não é locução adverbial, e sim locução verbal - "teriam obtido". Como há vírgula após "processo", não há possibilidade de se colocar o pronome antes do verbo auxiliar da locução - "teriam"; como o verbo principal da locução verbal - obtido - está no particípio, não há possibilidade de se colocar o pronome depois dele; como o verbo auxiliar está conjugado no futuro do pretérito, a única possibilidade é a mesóclise.