quarta-feira, 30 de abril de 2008

Maxivest I (de 61 a 76)

61- Qual o processo de formação das palavras embarque, histórico, cruzes!, porquê, fala e sombrio?

Embarque: derivação regressiva: a ação de embarcar

Histórico: derivação sufixal: história + ico

Cruzes!: derivação imprópria: o substantivo plural cruzes se transformando em interjeição

Porquê: derivação imprópria: a conjunção porque se transformando em substantivo

Fala: derivação regressiva: a ação de falar

Sombrio: derivação sufixal: sombra + io


 

62- Qual o processo de formação das palavras irlandeses e entrever?

Irlandeses: derivação sufixal: Irlanda + ês

Entrever: derivação prefixal: entre + ver


 

63- Em qual lista de palavras todas são formadas pelo mesmo processo de composição?

  • Passatempo, destemido, subnutrido

Passatempo: composição por justaposição: passa + tempo

Destemido: derivação prefixal e sufixal: des + temer + ido

Subnutrido: derivação prefixal e sufixal: sub + nutrir + ido

  • Pernilongo, pontiagudo, embora

Pernilongo: composição por aglutinação: pern(i) + longo

Pontiagudo: composição por aglutinação: pont(i) + agudo

Embora: composição por aglutinação: em + boa + hora

  • Leiteiro, histórico, desgraçado

Leiteiro: derivação sufixal: leite + eiro

Histórico: derivação sufixal: história + ico

Desgraçado: derivação parassintética: des + graça + ado

  • Cabisbaixo, pernalta, vaivém

Cabisbaixo: composição por aglutinação: cabeça + baixo

Pernalta: composição por aglutinação: perna + alta

Vaivém: composição por justaposição: vai + vem

  • Planalto, aguardente, passatempo

Planalto: composição por aglutinação: plano + alto

Aguardente: composição por aglutinação: água + ardente

Passatempo: composição por justaposição: passa + tempo


 

64- Qual processo de formação está indicado inadequadamente?

  • Ataque: derivação regressiva

Certo: ataque é a ação de atacar.

  • Fornalha: derivação por sufixação.

Certo: forno + alha

Acorrentar: derivação parassintética.

Certo: a + corrente + ar

Antebraço: derivação prefixal.

Certo: ante + braço

Casebre: derivação imprópria.

Errado: é derivação sufixal: casa + ebre


 

65- Qual o processo de formação de atenuado, televisão e percurso?

Atenuado: derivação parassintética: a + tênue + ado

Televisão: composição por justaposição – hibridismo: tele (radical grego) + visão (radical latino)

Percurso: derivação prefixal: per + curso


 

66- Qual o processo de formação das palavras operaçãozinha, conversinha, principalmente, assustador, obrigadinho?

Operaçãozinha: derivação sufixal: operação + z + inha

Conversinha: derivação sufixal: conversa + inha

Principalmente: derivação sufixal: principal + mente

Assustador: derivação sufixal: assustado + or. Em assustado ocorreu derivação parassintética: a(s) + susto + ado

Obrigadinho: derivação sufixal: obrigado + inho


 

67- Qual o processo de formação das palavras embarque e aterro?

Embarque: derivação regressiva: a ação de embarcar.

Aterro: derivação regressiva: a ação de aterrar.


 

68- O vocábulo catedral, do ponto de vista de sua formação, é primitivo, composto por aglutinação, derivação sufixal, parassintético ou derivado regressivo de catedrático?

Catedral é um vocábulo formado por derivação sufixal: cátedra + AL


 

69- Qual a classificação errada do processo de formação?

  • O porquê: conversão ou derivação imprópria

Derivação imprópria: conversão da conjunção porque em substantivo

  • Desleal: derivação prefixal

Derivação prefixal: des + leal

  • Impedimento: derivação parassintética

Derivação parassintética: im + pedir + mento

  • Anoitecer: derivação parassintética

Derivação parassintética: a + noite + ecer

  • Borboleta: primitivo

Derivado do latim bel + bellus + ita


 

70- Em qual par de palavras há respectivamente substantivo e pronome?

  • A imigração tornou-se necessária. / É dever cristão praticar o bem.

Necessária: é adjetivo, pois modifica o substantivo imigração.

Bem: é substantivo, pois vem antecedido de artigo.

  • Inglaterra é responsável por sua economia. / Havia muito movimento na praça.

Responsável: é adjetivo, pois modifica o substantivo Inglaterra.

Muito: é pronome indefinido, pois antecede o substantivo movimento expressando quantidade indefinida.

  • Fale sobre tudo o que for preciso. / O consumo de drogas é condenável.

O: é pronome demonstrativo, sinônimo de aquilo. Sempre que houver o que, os que ou as que, o o, o os e o as serão pronomes demonstrativos e o que, pronome relativo. Quando houver a que, o a pode ser preposição ou pronome demonstrativo, e o que será pronome relativo.

Consumo: é substantivo, pois está antecedido de artigo.

  • Pessoas inconformadas lutaram pela absolvição. / Pesca-se muito em Angra dos Reis.

Inconformadas: é adjetivo, pois modifica o substantivo pessoas.

Muito: é advérbio, pois modifica o verbo pescar.

  • Os prejudicados não tinham o direito de reclamar. / Não entendi o que você disse.

Prejudicados: é substantivo, pois está antecedido de artigo.

Que: é pronome relativo. Sempre que houver o que, os que ou as que, o o, o os e o as serão pronomes demonstrativos e o que, pronome relativo. Quando houver a que, o a pode ser preposição ou pronome demonstrativo, e o que será pronome relativo.


 

71- Observe as palavras destacadas da seguinte frase: Encaminhamos a V. Senhoria cópia autêntica do Edital no 19/82. A que classes gramaticais elas pertencem?

Encaminhamos:
verbo encaminhar conjugado na primeira pessoa do plural do presente do indicativo ou do pretérito perfeito do indicativo.

Senhoria:
substantivo usado na locução Vossa Senhoria, que se transforma em pronome de tratamento.

Autêntica:
adjetivo, que modifica o substantivo cópia.


 

72- Em qual frase a expressão sublinhada corresponde a um adjetivo?

  • Comprei móveis e objetos diversos que entrei a utilizar com receio.

Com receio: locução adverbial indicativa de modo.

  • Azevedo Gondim compôs sobre ela dois artigos.

Sobre ela: locução adverbial indicativa de assunto.

  • Pediu-me com voz baixa cinqüenta mil réis.

Com voz baixa: locução adverbial indicativa de modo.

  • Expliquei em resumo a prensa, o dínamo, as serras...

Em resumo: locução adverbial indicativa de modo.

  • Resolvi abrir o olho para que vizinhos sem escrúpulos não se apoderassem do que era delas.

Sem escrúpulos: locução adjetiva que modifica o substantivo vizinhos.


 

73- As expressões sublinhadas correspondem a um adjetivo, exceto em:

  • João Fanhoso anda amanhecendo sem entusiasmo.

Sem entusiasmo: locução adjetiva, pois modifica o substantivo João Fanhoso.

  • Demorava-se de propósito naquele complicado banho.

De propósito: locução adverbial de modo

  • Os bichos da terra fugiam em desabalada carreira.

Da terra: locução adjetiva que modifica o substantivo bichos.

  • Noite fechada sobre aqueles ermos perdidos da caatinga sem fim.

Sem fim: locução adjetiva que modifica o substantivo caatinga.

  • E ainda me vem com essa conversa de homem da roça.

Da roça: locução adjetiva que modifica o substantivo homem.


 

74- No trecho "E o azul, o azul virginal onde as águias e os astros gozam, tornou-se o azul espiritualizado." As palavras destacadas correspondem morfologicamente, pela ordem a:

Azul:
substantivo, pois está antecedido de artigo.

Onde:
pronome relativo, que pode ser substituído por em que ou no qual.

Águias:
substantivo.

Se: pronome integrante do verbo. Não é pronome reflexivo, pois não indica que o sujeito pratica a ação sobre si mesmo, como acontece em Ele feriu-se e Ele deu-se o direito de nada fazer.


 

75- Na frase "As negociações estariam meio abertas só depois de meio período de trabalho", as palavras destacadas são, respectivamente:

Meio:
advérbio, pois intensifica o adjetivo abertas: um pouco abertas.

Depois:
advérbio, pois indica tempo: quando as negociações estariam abertas.


 

76- Assinale onde aparecem substantivos simples, respectivamente, concreto e abstrato:

  • Água / vinho

Água: substantivo simples e concreto

Vinho: substantivo simples e concreto

  • Pedro / Jesus

Pedro: substantivo simples e concreto. Todo substantivo próprio é concreto.

Jesus: substantivo simples e concreto. Todo substantivo próprio é concreto.

  • Pilatos / verdade

Pilatos: substantivo simples e concreto. Todo substantivo próprio é concreto.

Verdade: substantivo simples e abstrato que indica a qualidade de estar conforme com os fatos.

  • Jesus / abaixo-assinado

Jesus: substantivo simples e concreto. Todo substantivo próprio é concreto.

Abaixo-assinado: substantivo composto e concreto.

  • Nova Iorque / Deus

Nova Iorque: locução
substantiva simples e concreta. Todo substantivo próprio é concreto.

Deus: substantivo simples e concreto. Todo substantivo próprio é concreto.

2 comentários:

Talita disse...

Nossa esse blog é o blog que eu precisava encontrar para não esquecer de vez a forma correta de escrever em português...vou voltar sempre.

Rosimery Silvério disse...

Parabéns! Muito bom!