sábado, 18 de agosto de 2007

Boa vontade x inteligência

Afaste-se das pessoas a quem falta boa vontade, mesmo que lhes sobeje inteligência. Aqueles a quem falta inteligência, mas não boa vontade, têm condições de se evoluir por meio da leitura sistemática de textos edificantes, de filmes e programas culturais que conduzem à virtude, do estudo aprofundado de filósofos que ensinam a arte de bem viver e da convivência com pessoas inteligentes e de boa vontade, que podem ajudar nessa árdua tarefa de se melhorar dia a dia. Aqueles a quem falta boa vontade, mas não inteligência, têm a tendência de usar a inteligência em proveito de si próprio, sem se preocupar com o crescimento dos demais e da coletividade; sua inteligência, então, é inútil, pois acabará prejudicando aquele que a contém, pois este repudiará toda opinião contrária à sua, tornando-se um indivíduo egoísta. A boa vontade, portanto, é maneira mais adequada para viver bem consigo mesmo e para viver bem os relacionamentos.

2 comentários:

Guilherme disse...

Olá, encontrei o Site Gramática On-line durante uma pesquisa e fiquei bastante satisfeito. Até o adicionei aos favoritos. Estou escrevendo aqui por não encontrar no site o lugar para enviar minha dúvida, que é a seguinte: qual a classificação da palavra "outro"?

Gostaria de dizer também que é meio constrangedor escrever para alguém que sabe tanto sobre a lingua portuguesa. Rsrsrsrs

Espero não estar incomodando.

Meu e-mail é guilhermenpereira@gmail.com

Se puder responder, ficarei muito agradecido.

Guilherme.

Dílson Catarino disse...

Olá, Guilherme.
Fico feliz por saber que meu site lhe tem sido útil.
Quanto à sua pergunta, outro é pronome indefinido.

Abraços.